Camelô vende camisa da seleção com nome de Najila e número 171

15

Uma das especialidades do brasileiro é a arte de fazer memes. O país do futebol tem muito a oferecer além disso, isso é claro, mas qualquer assunto é motivo de piada na mão da internet brasileira, inclusive os mais polêmicos, como o caso Neymar.

Para quem vem acompanhando os jornais, mais especificamente o caso em que uma mulher acusou o jogador Neymar de abuso sexual, sabe que a situação rendeu muito o que falar, sendo assim, alvo de diversos memes na internet. O destaque certamente foram as figurinhas no Whatsapp.

- Anúncios -

Dos memes às lojas. Foi isso que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, um lojista, em ritmo de Copa América, está vendendo camisas da seleção brasileira, como de costume em época de copas. Contudo, o destaque não foi para as camisas de jogadores da seleção, mas sim da mulher que vem acusando Neymar.

A camisa tem o nome de Najila Trindade, junto ao número 171, que faz juz ao artigo 171 do Código Penal Brasileiro. A pauta do artigo trata-se de estelionato, é o que a defesa do jogador e a sua legião de fãs acusa em cima de Najila.

O lojista chama-se Claudio Alberto Pariona, disse ao Jornal Extra que a ideia toda da camisa foi dele mesmo. A ideia se acendeu quando o primeiro advogado da modelo deixou o caso, o vendedor pensou logo na ideia de Najila Trindade ser uma “171”.

Além de toda piada com o caso, a camisa de Najila custa R$60,00 mais caro que a de Neymar, saindo por R$95,00 e a do jogador por apenas R$30. 

Realmente, o brasileiro só não dominou o mundo ainda porque não quis.